>A DIFERENÇA ENTRE PASTORES E LOBOS.




































Jesus Cristo :
Leão da Tribo de Judá.
Maravilhoso, Conselheiro,
Deus Forte, Pai da Eternidade
e Principe da Paz!

quinta-feira, 7 de novembro de 2013

O que importa não é a frequência na igreja, o cargo que ocupa ou as obras que já realizou. O Senhor Jesus foi claro, o novo nascimento não é uma opção, e sim uma condição para entrar no Reino de Deus!


"Mas vendo o povo que Moisés tardava em descer do monte,
acercou-se de Arão. e disse-lhe: Levanta-te, faze-nos deuses,
que vão adiante de nós; porque quanto a esse Moisés, o homem que nos
tirou da terra do Egito, não sabemos o que lhe sucedeu."
= Ex 32:1.=

Quero chamar de "Bezerros de Ouro", tudo que "fabricamos",
sendo contrários à vontade de Deus. Quando nos tornamos distantes,
cegos, mudos e sem entendimento. Daí faz-se valer a recíproca de
que o adorador se torna igual ao objeto adorado.

Perdemos a direção. Temos que decidir: Guardar "nossos bezerros"
para ocasiões oportunas, ou, lançá-los totalmente destruídos no mar
do esquecimento. "Os bezerros", nem sempre são palpáveis, mas, muitas
vezes, para nós, invisíveis. Contudo, acabam por impedir um
relacionamento íntimo, sincero e obediente a Deus.

Moisés estava no Monte Sinai com Deus. Sem tempo, nem mesmo intenção
de possuir um "objeto mágico". O ócio, a falta de fé e de obediência,
levou os Israelitas ao pecado: "faze-nos deuses, Moisés não vai voltar"
=Ex38: 1.=

A voz de Deus em meio ao silêncio
O que os Israelitas não sabiam, era que, o silêncio,
a demora de Moisés, significava Deus trabalhando.

Se verdadeiramente buscamos a Deus com todo o nosso coração,
Ele sempre, mesmo em tempos de tribulação, nos conduzirá a lugares
seguros. A tribulação, não é silêncio de Deus, mas, Deus falando
conosco de uma forma diferente.

Se rejeitarmos os "bezerros" vamos poder ouvir, nos tempos difíceis:
"Não temas, porque Eu Sou contigo; não te assombres, porque Eu Sou o Teu Deus;
Eu te esforço, e te ajudo, e te sustento com a destra da minha justiça".
=Is 40:10.=
Todos nós experimentamos do silêncio de Deus, quando isso ocorrer,
lembre-se: Não "fabrique bezerros", "Ajoelhe e clame ao Senhor!".

Estatística

Obrigado por participar do nosso Blog!!Deus te abençoe!!

Google+ Followers

Jesus Ama Você!!



Ensina-me, Senhor, o teu caminho,
e andarei na tua verdade;
une o meu coração ao temor do teu nome.
=Salmos 86:11=





GOSTOU DO BLOG?ENTÃO FIQUE A VONTADE PARA CURTIR ,COMENTAR E COMPARTILHAR!!

ACORDE POVO DE DEUS!!



Reflita:
Lembra-te, pois, de onde caíste,
e arrepende-te, e pratica as primeiras obras;
quando não, brevemente a ti virei,
e tirarei do seu lugar o teu castiçal,
se não te arrependeres.
= Apocalipse 2:5=





o pastor e o lobo.

Pastores buscam o bem das ovelhas; lobos buscam os bens das ovelhas.
Pastores vivem à luz da cruz; lobos vivem debaixo dos holofotes.
Pastores têm fraquezas; lobos são poderosos.
Pastores são ensináveis; lobos são donos da verdade.
Pastores têm amigos; lobo tem admiradores.
Pastores vivem de salários; lobos enriquecem.
Pastores vivem para suas ovelhas; lobos se abastecem
das suas ovelhas.
Pastores apontam para CRISTO; lobos apontam para si mesmo
e para igrejas deles.
Pastores são humanos, são reais; lobos são personagens religiosos
caricatos.
Pastores ajudam as ovelhas a se tornarem adultas; lobos perpetuam
a infantilização das ovelhas.
Pastores são simples e comuns; lobos são vaidosos e especiais.
Pastores quando contrariados silenciam, aquietam; lobos rosnam e
tornam-se agressivos.
Pastores se deixam conhecer; lobos se distanciam e ninguém chega perto.
Pastores alimentam as ovelhas; lobos se alimentam das ovelhas.
Pastores lidam com a complexidade da vida sem respostas prontas, lobos
lidam com técnicas pragmáticas com jargão religioso.
Pastores vivem uma fé encarnada; lobos vivem uma fé espiritualizada.
Pastores se comprometem com o projeto do REINO; lobos têm projetos e
reservas pessoais.
Pastores são transparentes; lobos têm agendas secretas.
Pastores dirigem igrejas-comunidades; lobos dirigem igrejas-empresas lucrativas.
Pastores pastoreiam as ovelhas, lobos seduzem as ovelhas.
Pastores buscam a discrição, lobos se auto-promovem.
Pastores se interessam pelo crescimento das ovelhas; lobos se interessam
pelo crescimento das ofertas.
Pastores ajudam as ovelhas a seguir livremente a CRISTO; lobos geram
ovelhas dependentes e seguidoras deles.
Pastores criam vínculo de amizade; lobos aprisionam em vínculo de dependência.
E então, quem está cuidando de sua igreja, é o PASTOR ou o LOBO?
....











Sou Cristã...apaixonada por Jesus...não sou idólatra!!




=" SIGAM-ME NO TWITTER.OBRIGADO!

Google+ Badge

Postagens populares

Pesquisar este blog

ROLAGEM.