>A DIFERENÇA ENTRE PASTORES E LOBOS.




































Jesus Cristo :
Leão da Tribo de Judá.
Maravilhoso, Conselheiro,
Deus Forte, Pai da Eternidade
e Principe da Paz!

domingo, 26 de maio de 2013

A PROVA DO TEMPO.


Primeiro conta-se os dias, depois conta-se os meses, depois conta-se os
anos, e por fim, perdemos a conta, nem contamos mais o tempo, não
sabemos porque está demorando tanto para acontecer algo que vai mudar
nossa vida.
Contamos porque somos ansiosos, porque queremos resolver logo nossos problemas,
queremos sair logo do deserto.
Há tempo para tudo, para chorar e para rir, para sofrer
e para regozijar, tempo de perder e tempo para ganhar, tempo de
humilhação e tempo para exaltação, de temer e de confiar, tempo para
aprender e para por em prática o que aprendeu, tempo de começar uma
prova e tempo para terminá-la.

Deus dá tempo para fazermos as coisas
do nosso jeito, até que um dia Ele nos chama ao deserto, para nos
ensinar, moldar, purificar, disciplinar e mostrar o que há em nosso
coração. Na sabedoria infinita de Deus cremos que este deserto da prova é
necessário para aqueles que desejam estar com o Senhor um dia, para que
sejam aprovados por Deus, se nossa fé é genuína, se amamos de fato a
Deus, se Deus está acima de todas as coisas que possamos perder nesta
terra.
O tempo da prova está fora do entendimento humano, tentamos
entender, mas nunca acertamos, por isso, ao recebermos uma palavra de
servos de Deus, devemos tomar cuidado com a previsão do tempo do final
da prova, realmente é dificil Deus trazer o conhecimento do tempo certo,
pois o nosso tempo não é o tempo de Deus, pois quando não ocorre quando
esperamos, costumamos esmorecer, passamos, então a duvidar do que Deus
falou, e já não sabemos se vamos conseguir suportar mais tempo. Uma
coisa que parece que Deus vai fazer logo, pode demorar anos. Nossa fé é
testada também pelo tempo que julgamos demorar. Precisamos saber,
também, que Deus quer realizar coisas em nossas vidas, mas depende de
tomarmos uma posição, corrigir caminhos, sermos obedientes, caso
contrário poderá nunca acontecer aquilo que Deus prometeu, por nossa
desobediencia e desleixo.

Sabemos que a ansiedade não produz fruto
algum e não sensibiliza o coração de Deus, e também que a paciência é
fruto da tribulação, sofremos, sofremos, nos debatemos, nos debatemos,
reclamamos, reclamamos, até que um dia nos aquietamos, pois tudo o que a
ansiedade gerou não serviu para nada e Deus quer que nos aquietemos
mesmo, sabendo que Ele é Deus, mostrando, assim, paciencia e confiança
em Deus, deixando de centralizar nossa vida em nossos problemas para
centralizarmos na vontade de Deus e assim, para que Ele aja, sem nós O
atrapalharmos.
Está disposto a esperar o tempo necessário, sem sabê-lo?

Não pare de clamar, não pare de orar, não para de buscar a presença de
Deus, se quiser receber algo de Deus vai ter que esperar.
Fica na paz
Francisco Oliveira.

Estatística

Obrigado por participar do nosso Blog!!Deus te abençoe!!

Google+ Followers

Jesus Ama Você!!



Ensina-me, Senhor, o teu caminho,
e andarei na tua verdade;
une o meu coração ao temor do teu nome.
=Salmos 86:11=





GOSTOU DO BLOG?ENTÃO FIQUE A VONTADE PARA CURTIR ,COMENTAR E COMPARTILHAR!!

ACORDE POVO DE DEUS!!



Reflita:
Lembra-te, pois, de onde caíste,
e arrepende-te, e pratica as primeiras obras;
quando não, brevemente a ti virei,
e tirarei do seu lugar o teu castiçal,
se não te arrependeres.
= Apocalipse 2:5=





o pastor e o lobo.

Pastores buscam o bem das ovelhas; lobos buscam os bens das ovelhas.
Pastores vivem à luz da cruz; lobos vivem debaixo dos holofotes.
Pastores têm fraquezas; lobos são poderosos.
Pastores são ensináveis; lobos são donos da verdade.
Pastores têm amigos; lobo tem admiradores.
Pastores vivem de salários; lobos enriquecem.
Pastores vivem para suas ovelhas; lobos se abastecem
das suas ovelhas.
Pastores apontam para CRISTO; lobos apontam para si mesmo
e para igrejas deles.
Pastores são humanos, são reais; lobos são personagens religiosos
caricatos.
Pastores ajudam as ovelhas a se tornarem adultas; lobos perpetuam
a infantilização das ovelhas.
Pastores são simples e comuns; lobos são vaidosos e especiais.
Pastores quando contrariados silenciam, aquietam; lobos rosnam e
tornam-se agressivos.
Pastores se deixam conhecer; lobos se distanciam e ninguém chega perto.
Pastores alimentam as ovelhas; lobos se alimentam das ovelhas.
Pastores lidam com a complexidade da vida sem respostas prontas, lobos
lidam com técnicas pragmáticas com jargão religioso.
Pastores vivem uma fé encarnada; lobos vivem uma fé espiritualizada.
Pastores se comprometem com o projeto do REINO; lobos têm projetos e
reservas pessoais.
Pastores são transparentes; lobos têm agendas secretas.
Pastores dirigem igrejas-comunidades; lobos dirigem igrejas-empresas lucrativas.
Pastores pastoreiam as ovelhas, lobos seduzem as ovelhas.
Pastores buscam a discrição, lobos se auto-promovem.
Pastores se interessam pelo crescimento das ovelhas; lobos se interessam
pelo crescimento das ofertas.
Pastores ajudam as ovelhas a seguir livremente a CRISTO; lobos geram
ovelhas dependentes e seguidoras deles.
Pastores criam vínculo de amizade; lobos aprisionam em vínculo de dependência.
E então, quem está cuidando de sua igreja, é o PASTOR ou o LOBO?
....











Sou Cristã...apaixonada por Jesus...não sou idólatra!!




=" SIGAM-ME NO TWITTER.OBRIGADO!

Google+ Badge

Postagens populares

Pesquisar este blog

ROLAGEM.